Quando você é diagnosticado com impotência.

Para entender as causas da disfunção erétil, deve-se conhecer a estrutura do pênis e a maneira como ele funciona durante a ereção. O pênis se assemelha a uma esponja e suas lacunas estão cheias de sangue.

Quando você piora no sexo, você é diagnosticado com impotência. Mas é um termo errado porque a impotência na compreensão dos médicos é uma condição em que não se pode ter ereções. Além desse diagnóstico, existem outras razões pelas quais não se pode conseguir que seu parceiro se sinta satisfeito. Porque é provavelmente disfunção erétil e para curá-lo, deve-se entender por que ele se levantou. Quando você entende, você pode se livrar dele com a ajuda de um tratamento adequado.

As causas da disfunção erétil podem ser neurológicas, médicas, relacionadas a vasos sanguíneos ou locais. A disfunção erétil pode ser induzida por alguns distúrbios no corpo. A causa mais comum de disfunção erétil é psicológica. Embora não seja uma causa desde o início, ela deve ser observada em qualquer caso. A auto-estima do homem é geralmente prejudicada quando diagnosticada com disfunção erétil. É necessário remover as causas subjacentes da disfunção erétil, caso contrário será difícil melhorar a situação.

O tratamento pode incluir:

Fazer mudanças no estilo de vida, como evitar tabaco, drogas e álcool. Também pode ajudar a falar sobre o problema com seu parceiro, fazer exercícios sensuais e obter orientação.

Encontrar e depois parar com medicamentos que causam o problema. Em alguns casos, você pode obter outro medicamento que não cause problemas de ereção.

Tomar medicamentos prescritos que podem ajudar você a ter ereções. Estes incluem comprimidos como o Viagra, Levitra e Cialis. Consulte o seu médico para saber se é seguro tomar Viagra, Levitra ou Cialis com outros medicamentos. Isso pode ser perigoso se você tiver um problema cardíaco.

Tomar medicação e receber apoio para depressão ou ansiedade.

Usando dispositivos de vácuo.

Após a cirurgia com implante no pênis.

Você pode evitar problemas de ereção?

Como os problemas de ereção geralmente são causados ​​por um problema físico, é importante comer alimentos saudáveis ​​e fazer exercícios físicos suficientes para que você tenha boa saúde.

Para evitar o risco de um problema de ereção, é melhor parar de fumar, beber muito álcool ou usar drogas ilegais.

Você pode evitar problemas de ereção relacionados à ansiedade e ao estresse conversando com seu parceiro sobre suas preocupações. Isso pode ajudá-lo a relaxar.

Quando você reduz a ingestão de carboidratos

Quando você reduz a ingestão de carboidratos, você altera a distribuição de energia em sua dieta. Uma proporção maior da energia vem de proteína e gordura, enquanto a proporção de carboidratos diminui. Isso só acontece porque você consome menos carboidratos.

Uma mudança na distribuição de energia relativamente relativamente mais proteína em relação ao carboidrato tem se mostrado eficaz para perda de peso.

No entanto, você não precisa substituir os carboidratos por alimentos ricos em gorduras ou proteínas. Eles contêm mais energia que vegetais e frutas, e então seu déficit de energia se torna menor.

Você também não teme que você não tenha proteína. Há muito poucas pessoas saudáveis ​​na Dinamarca que consomem pouca proteína. Mesmo os vegetarianos e vegans têm suas necessidades de proteína cobertas sem suplementação.

Contando dietas calóricas é considerado um dos métodos mais confiáveis ​​para se livrar do excesso odiado de gordura. Os opositores deste método de perda de peso contam calorias como algo ingrato. Na sua opinião, apenas uma dieta excessiva ajudará a se livrar do excesso de peso. No último artigo, por exemplo, temos discutido a tendência cada vez mais popular – mas, infelizmente, nem sempre é nossa intuição e queremos ajudar nosso corpo a perder peso.

Cálculo do consumo de energia (ou metabolismo básico, que aparece em um estado de repouso) mostra um exemplo de uma menina jovem pesando 50 kg.

A principal troca em mulheres com idade entre 18 e 30 anos = (peso corporal (kg) x 0,0621 + 2,0357) x 240

Para uma menina que pesa 50 quilos, a troca de base será 1233 kcal. Ao calcular o número de calorias que uma pessoa gasta em um dia, o nível de atividade física deve ser levado em consideração. Para esta troca de base (neste caso, 1233 kcal) deve ser multiplicada pela proporção desejada de atividade física:

baixo – 1,1;

moderado – 1,3;

alta – 1,5.

Se uma garota pratica esportes regularmente (por exemplo, algumas vezes por semana), o número de 1233 kcal deve ser multiplicado por 1,3. Ao mesmo tempo, o consumo de calorias será de 1600 kcal por dia. Também deve ser notado que cerca de 10% da energia vai para a assimilação de alimentos. Como resultado, o número é 1760 kcal.